Entra 21 – Treinamento gratuito em Tecnologia e Comunicação

Treinamento gratuito em Tecnologia e Comunicação com encaminhamento ao Emprego

Inscrições encerradas edição 2020 - Data de divulgação das listas de 1ª e 2ª chamada: 22/04 - Programa que forma mais de 300 jovens por ano – sem custo nenhum para o aluno.

O setor de Tecnologia da Informação está entre os que mais empregam em Blumenau. O volume de empregos nas empresas do setor tem crescido ano a ano, sendo que as maiores projetam a necessidade de grandes volumes de contratação de mão de obra especializada. Cerca de 60% destes empregos estão na área de desenvolvimento e programação, que oferecem bons salários.

Sobre o programa

O programa é dirigido à jovens de 16 a 29 anos de idade, que residam em Blumenau e cidades vizinhas, que estejam cursando ou concluído o ensino médio ou superior. o programa atende também pessoas com deficiência, imigrantes e pessoas acima da faixa do programa que objetivam colocação no mercado de trabalho de qualidade.

Os cursos em linguagem de programação tem carga horária de até 480 horas quando incluem o ensino de idioma estrangeiro e duração de 6 meses. Já as demais capacitações contam com até 300 horas em média em 5 meses. Os jovens formados pelo Entra21-Blusoft alcançam altos índices de empregabilidade entre as empresas de TIC da região.

O treinamento é intensivo, com especializações de 300 a 480 horas-aula, em aulas diárias de meio período até 6 meses, em linguagens de programação e demais especializações, incluindo o ensino de idioma estrangeiro (Inglês ou Alemão), Empreendedorismo e Inovação, Desenvolvimento Humano e Contabilidade e Finanças.

As aulas acontecem em Blumenau em diversos períodos a serem escolhidos pelo aluno. Com opções em todos os períodos sendo, matutino, vespertino ou noturno, de segunda a sábado.

O Programa Entra21 é financiado pelo governo do estado através da FAPESC, pela Prefeitura de Blumenau através da FIA e pelas empresas de tecnologia a região.

Um projeto social de sucesso

→ Milhares de jovens beneficiados e encaminhados à empregos de qualidade.

→ Além do público alvo (jovens de 16 a 29 anos), o programa atende também pessoas com deficiência, imigrantes e pessoas acima da faixa do programa que objetivam colocação no mercado de trabalho de qualidade (2020 em diante).

→ Até 480 horas de treinamento gratuito em TIC com transporte pago.

→ Altos índices de empregabilidade de jovens egressos.

→ Jovens sendo direcionados à empregos de qualidade, com bons salários de imediato e carreira promissora em um setor que cresce continuamente.

→ Parceria de sucesso entre Blusoft e iniciativa privada com financiamento do Governo do Estado de Santa Catarina através da FAPESC, Prefeitura de Blumenau e empresários de TI (nos primeiros 2 anos o projeto contou ainda com recursos da International Youth Fundation, BID-Fomin, USAID, Gap Inc).

→ Treinamento executado conforme demanda com colocação imediata, unindo a carência de M.O. especializada da região de Blumenau com a disponibilidade de de jovens sem qualificação.

→ Ampla divulgação na região com repercussão na mídia nacional e internacional.

→ Projeto indicado como modelo pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

O programa nasceu da necessidade de formação e reposição de mão-de-obra para o setor de tecnologia do Vale do Itajaí, representado pelo Blusoft - Polo de Tecnologia da Informação e Comunicação da Região de Blumenau.

Desde 2006 já beneficiou e encaminhou mais de 4000 jovens para empregos de qualidade. Sendo financiado pelo governo do estado através da FAPESC, Prefeitura de Blumenau e empresas de Blumenau e região.

Dados do setor de TI em Blumenau

Maior arrecadador de ISS na cidade e crescimento anual das empresas de 25% em média

Mais de 1.000 empresas de TI atuando no desenvolvimento de software

Mais de 12.000 empregos diretos

Fatos motivadores

→ Blumenau definiu no seu PEDEM - Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico Municipal como 'Visão de Futuro 2030': ser reconhecida internacionalmente por dispor de soluções inovadoras e competitivas em TIC para diversos setores por meio da atuação colaborativa de empresas de atividades distintas e instituições de ensino e pesquisa.

→ O setor está carente de mão de obra especializada.

→ Centenas vagas são abertas anualmente, mas o jovem, principalmente o de baixa renda não tem acesso a estas vagas por não poder financiar cursos de formação.

→ O jovem com deficiência não tem qualificação para ocupar empregos de qualidade e as vagas oferecidas pelas empresas que precisam cumprir cotas impostas pela lei não os motivam a ingressar no mercado de trabalho.

→ Custo do profissional de TI inflacionado e acirramento da relação entre as empresas da cidade pela disputa de profissionais e busca de profissionais de outras cidades.

→ O não aproveitamento da M.O. local disponível por falta de qualificação, aumenta o abismo social e colabora para o crescimento das mazelas das grandes cidades.

→ Universidades não conseguem atender a demanda em quantidade e formação técnica especifica.

Público alvo

Jovens que estejam frequentando ou tenham concluído o ensino médio, residentes em Blumenau ou cidades vizinhas. O programa também reserva vagas para pessoas com deficiência ou em risco social.

Perguntas frequentes

1. Até quando vão as inscrições?
As inscrições estão encerradas para edição 2019.

2. Não recebi e-mail de confirmação sobre minha inscrição. O que devo fazer?
Entrar em contato com o Blusoft através do (47) 3323-3598.

3. Quando serei chamado para a entrevista?
Por se tratar de um volume grande de inscrições não temos definição exata para a data de entrevista.

4. Qual a idade mínima para participar?
Completando 16 anos até o mês setembro de 2020.

5. Quanto custa para se inscrever? Devo pagar alguma coisa durante o processo?
O curso é totalmente gratuito, e não há custo para nenhum tramite desde a inscrição até o término do Programa.

6. Não possuo experiência na área. Posso me inscrever?
Claro que pode, o intuito do Programa é de fato preparar todo e qualquer participante para entrada no mercado de trabalho.

7. Em que períodos ocorrerão as aulas?
Entre o mês de abril a outubro, com turmas matutinas, vespertinas e noturnas.

8. Como será o processo de seleção?
O processo é definido por etapas, mas resume-se em inscrição, entrevista e seleção.

9. Após a inscrição posso editar meus dados, mudar foto ou incluir um novo currículo?
Sim, e é muito importante alimentar o campo de cadastro com o maior número de informações.

10. Preciso estar estudando para me inscrever?
Não é necessário estar estudando, porém é necessário estar cursando ou ter concluído o ensino médio.

11. Como funciona o processo seletivo?
O processo de seleção é bem parecido com uma entrevista de emprego, esta entrevista será agendada previamente com o candidato:

- Leva-se em conta a idade e escolaridade do candidato;

- Entusiasmo e motivação em realizar o curso;

- Interesse em ingressar no mercado de trabalho na área de TIC;

- Pontuação das provas aplicadas durante a entrevista;

- Demais aspectos comportamentais;

- Turma MaturidadeTech (JAVA / WEB) a idade mínima de 40 anos, demais turmas é 16 anos;

- Turma Office 365 é exclusiva para inscrições realizada sob a supervisão do SEMUDES;

Investidores